Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escolas

Este texto foi publicado num jornal de bairro em Limeira “Jornal Vista Alegre”, no ano de 2001. O objetivo do jornal era mostrar os problemas do bairro e, ao mesmo tempo, levantar o ânimo dos moradores, com textos leves e introspectivos.

++++++

Cada ser que habita o universo se compara a uma criança que atinge a idade ideal para matricular-se em uma escola. Há aqueles que vêm à vida por meio de lares abastados. Outros experimentam a vivência por caminhos de pobreza e privações. Em tudo o que se ocupam as criaturas que Deus entrega à terra há uma razão que nasceu para seu aperfeiçoamento, na bondade eterna do Criador. Não cabe à criatura revoltar-se contra as intempéries que surgem durante a trajetória da vida. A certeza da vitória está no silêncio e na busca da força, através da oração e da ação.
Para as crianças de orfanatos (lares coletivos), na dor e no sofrimento estão os corações voluntários e amigos plantando amor, compreensão e coragem para a luta. Nos asilos, o calor de irmãos suaviza o desespero dos que sentem a dor do abandono no anoitecer do frágil corpo. Nas penitenciárias e presídios, o grito dos que ousam defender e suplicar a possibilidade de mais uma chance. Nos hospitais e manicômios, mãos que amparam e dão esperanças de retorno ao seio da família. Nas sarjetas, filhos de Deus soerguem irmãos prostrados e com a dignidade ferida. Nos lares silenciados, onde há deficientes físicos mães, pais, filhos e irmãos se abraçam no ardor do socorro mútuo.
A vinda à terra é, em tudo e em todas as situações a busca do crescimento e do aprendizado individual e coletivo. É a possibilidade que cada um tem de conhecer a Deus e ver no próximo a extensão de seu próprio ser. É a liberdade que o Criador dá para que cada pessoa alimente sua fé e entregue sua parte de esforço para a construção de corações desarmados, solícitos, desprendidos e cheios de amor. Ninguém passa pela vida sem experimentar a dureza das dificuldades e vicissitudes. Ninguém! Se as dificuldades existem, fomos nós que a criamos e devemos usá-las para o nosso crescimento.
fiore carlos
Enviado por fiore carlos em 02/11/2007
Código do texto: T720278

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fiore carlos
Limeira - São Paulo - Brasil
860 textos (317883 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 03:18)
fiore carlos