Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como falar com a juventude.

Aé manu, beleza?
Akuma é ki tá?
Kal o lance?
Ke ki rola lá?
Sei naum.
E a parada?
Ah é show!
A galera tava lá?
Bombo manu.
Cé tá ligado que deu treta né!
Vixi tó fora manu.
Tá ligado ki a chapa tá eskentanu?
O kara é mó mala.
Tem jeito?
Já era browww.
Vo treta.
Sem chance.
To nem ai.
Num mi viu.
Num vo dá boi pra manélão.
O kara é mó presença.
Se vacilá ferra tudo.
Tá no esquema.
Eu to di boa.
Tá dando mole vou arrepia.
O maluko si liga.
Tem mó cota que to ligado.
Num vem Kausa naum.
Vo chega chegando.
Vo taka o pé na lama.
Kalé jhowww?
Eu to sussa.
O cara apago geral.
Nem oh.
Afff!!!!
Piso legal.
Mio tudo.
Mó presão.
Num tendi.
Kalé tá mi tirando di comédia?
Mi erra vacilão.
Siguinte nem vem ki num to afins.
Si de rolo nois ve o ki fais,
Tendeu tudim né!
Si pá eu pinto.
Tá sartando fora né trolha.
Lesgau tu tá kreizi desencana.
Num imbassa.
Falo manu agenti si trombra.
Si dé cola lá truta.
Valeu mano veio.
To a pampa.
Beles.

***

Viu é fácil falar com eles o difícil é entender o que eles dizem rs rs rs.

***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 16/11/2005
Reeditado em 01/05/2012
Código do texto: T72357

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146146 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:23)
Dama De Negro