Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perde-se um amor, um amigo, uma esperança, uma inocência, uma fé, uma crença qualquer na qualidade humana, na capacidade própria e dos outros - na integridade de um sentimento. 

Porque não podemos nos tornar o que não somos, porque não podemos ser o avesso de nós mesmos. Porque não há outra alternativa. Às vezes é assim: perdemos e pronto e não há nada a fazer, exceto velar e enterrar essa pequena morte, cumprir-lhe o luto, outorgar-lhe a memória que se vai desfazendo até estar gasta e desaparecida.

O melhor, vem depois - Estamos sempre a ganhar com nossas próprias perdas
.
MIRAH
Enviado por MIRAH em 06/11/2007
Reeditado em 08/06/2010
Código do texto: T725625
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MIRAH
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 50 anos
1135 textos (60400 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:11)
MIRAH