Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjos De Rua

- Tia compa uma bala di mim?
- Mi dá uma moedinha?
- To cum fomi tiaaaa!
Triste quadro de se ver,
Causa ira!
Ira contra os nossos dirigentes que "trabalham" em causa própria.
O Povo?
O povo...
Que se dane o povo!
Ás crianças que serão o futuro da nação em nada importam,
Quanto menos cultura tiverem melhor para os poderosos,
Terão mais cordeiros para sacrificar.
Depois dizem que lugar de criança é na escola,
Pois sim...
Essa escola que ai está não prepara nossos filhos para futuro algum.
Ensino decadente,
Professores cansados e mal pagos,
Instalações precárias,
Falta de material didático,
Merenda escolar...
Piada.
Segurança nas escolas,
Onde?
Nunca vi!
E pagamos por tudo isso, pagamos para que nossos filhos não tenham nada!
Se quisermos dar uma chance aos nossos filhos temos pagar duplamente,
Pagamos a educação publica que não dá base para nada e pagamos suadamente a educação privada,
Privilégio de poucos.
A frente do meu carro vejo um menino fazendo malabares, pés no chão, desnutrido, ao meu lado junto a janela outro me pede para comprar uma flor,
- Tia é só um real.
Assim caminha o futuro de nossa nação.
Corta o coração,
De quem o tem...

***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 19/11/2005
Reeditado em 19/11/2005
Código do texto: T73379

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146134 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:38)
Dama De Negro