Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossas esperanças.

Nossas esperanças.

São pontos de recordações
Que lagrimas e saudades.
São as nossas esperanças.
Que delas não temos ainda confianças

Não ditamos e nem pensamos
Na distância que a nós imprime
Existência as vezes conturbada.
Ao se ir ao se amar.

É de certa forma alterado...
Em palavras as vezes dispersas.
Num temor eloqüente.
Nas lagrimas enfrentadas.

Se alegramos ao nos ver.
Na tarde desesperados.
No amor que difundimos.
Nos encantos alternados.



ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 24/11/2007
Código do texto: T751217
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4102 textos (160018 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:17)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA