Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quarto Escuro

 No meu país, num quarto escuro, escondido de lá de fora, do mundo alheio. Almas voam em rodopio, espíritos passados de antepassados espalham a magia da saudade. Música, embala este espaço negro, espaço viajante, ambulante, nómada do meu pensamento infeliz. Saudade do mar, porto de abrigo, seguro. Não saio, não saio, ainda é cedo, o sol ainda está longe e o tempo certo não é o tempo corrente, quando lá chegar, talvez, uma anjo, um peregrino me avisará da partida. O fado é o meu tempo de espera.
Rigo
Enviado por Rigo em 23/11/2005
Código do texto: T75369
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rigo
Portugal, 31 anos
78 textos (4137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:26)
Rigo