Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Boletim de Poesia (grátis)

Acabo de receber mais um número do Boletim de Poesia, editado por Carlos Machado. Desta vez o homenageado é Fernando Pessoa. O boletim é um publicação eletrônica de grande qualidade, e que pode interessar a todos que gostam de poesia.

Para receber, grátis, basta escrever para o seguinte endereço:


cmachado@algumapoesia.com.br


O poema abaixo é parte deste último número:

[GATO QUE BRINCAS NA RUA]

Gato que brincas na rua
Como se fosse na cama,
Invejo a sorte que é tua
Porque nem sorte se chama.

Bom servo das leis fatais
Que regem pedras e gentes,
Que tens instintos gerais
E sentes só o que sentes.

És feliz porque és assim,
Todo o nada que és é teu.
Eu vejo-me e estou sem mim,
Conheço-me e não sou eu.

[1-1931]
Nelson Oliveira
Enviado por Nelson Oliveira em 30/11/2005
Código do texto: T78903
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Oliveira
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
345 textos (25588 leituras)
2 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:18)
Nelson Oliveira