Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MUNDO DO FAZ DE CONTA


Quando é dura a realidade,
encontramos a felicidade
num mundo de faz de conta...
Osculos e amplexos,
Marcial

O MUNDO DO FAZ DE CONTA
Marcial Salaverry

Nem todos apreciam encarar a realidade da vida, achando que o mundo é muito ingrato, que a vida não é justa, e nem sempre recompensa aqueles que procuram encontrar a felicidade na vida.
E então procuram viver num mundo à parte, produto de sua imaginação. No mundo que consideram ideal e no qual podem dizer que estão felizes. O seu mundo particular, um autentico mundo do faz de conta.
E nele se fecham, recusando-se a aceitar a realidade da vida. Dessa maneira, aconteça o que acontecer, sempre fazem de conta que a vida é perfeita.
Na realidade, esse mundo de faz de conta é próprio daqueles que tem medo de enfrentar a realidade, dos covardes, pois é mais fácil fechar-se em uma redoma, do que enfrentar as vicissitudes da vida. Em sua maneira tacanha de pensar, apenas pensam em seu umbigo.
Preferem calar-se ante toda e qualquer injustiça, pois é mais fácil fechar os olhos para nada ver, do que tentar fazer algo em benefício de outrem.
Sempre lhes será custoso prestar alguma ajuda. Para que se preocupar, pois "tudo está bem?". Para que procurar a verdade dos fatos, se não somos atingidos? Vamos apenas fugir dos problemas, pois se formos aponta-los, talvez queiram que os solucionemos, e isso poderá nos acarretar dificuldades.
É melhor fazer de conta que nada está acontecendo. Não existe violência nas ruas. Não existem guerras. Não existe corrupção, e nem políticos corruptos.
Droga? O que é isto? Crime contra o meio ambiente? Para que perder tempo defendendo a Natureza? Ela sempre se renova.
Pode ser apenas um meio de fuga para pessoas que sofreram alguma violência e estão traumatizadas, então se fecham nesse mundo cor de rosa e assim conseguem encontrar a felicidade em sua vida. E à sua moda, realmente são felizes, pois não tomam conhecimento da crueza da realidade.
Contudo, podemos colorir nosso mundo, sem esse isolamento da realidade do cotidiano. Se não podemos combater a violência, podemos fazer nossa parte, procurando espalhar amizade à nossa volta, evitando atitudes radicais, procurando não cometer injustiças, e ao menos tentando viver em paz com nossos semelhantes. Se algo ou alguém nos desagrada, ao invés de tentar "acabar com sua vida", basta evitar essa convivência indesejável.
Mas sem esquecer de que existe muita vida a nossa volta. Existem pessoas que sofrem e que podemos ajudar. Existem pessoas que poderão nos ajudar em nossos momentos de dor. Esse mundo de faz de conta é utópico. Vamos procurar
a felicidade dentro da realidade, sem fugir da vida. Não podemos e nem devemos simplesmente fechar os olhos, fazendo de conta que tudo está bem, e ignorar o que se passa em nosso redor.
Vamos viver em paz com nosso interior, aproveitando tudo o que de bom a vida oferece, sem esquecer de que sempre poderemos fazer algo em beneficio de alguém. Vivendo bem o momento presente, esquecendo algo de ruim que nos
aconteceu, mas procurando aproveitar eventuais lições deixadas, e procurando fazer de nosso futuro algo de bem aproveitável, mas sem deixar de viver o momento atual, seja por causa de dores sofridas no passado, seja por receio
de que algo poderá acontecer no futuro.
Vamos viver, aproveitando o que já vivemos para melhor planificar o futuro.
E nessa expectativa, vamos começar tendo UM LINDO DIA.

Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 15/12/2005
Código do texto: T86156
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19852 textos (1962337 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:08)
Marcial Salaverry