Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada acontece pora acaso!

Tenho andado no meio debaixo de tempestades, mas parece que tô vendo um sol nascendo, claro e quente, raro...

Quando você mais precisa, parece que o mundo vira as costas... aí vem alguém e nos estende a mão... e de repente ... quando você olha ao redor... você está mais só do que imagina... e ali... não existe ninguém... está escuro e frio... até que você levanta e caminha...e quando enfim alcança o cume e encontra a paz dentro de si mesmo... você percebe que as pessoas estavam tentando se aproximar e você nem sabia... você percebe que não foram seus amigos que deixaram de te ligar, e sim você que deixou de atender...

Que quando você começou a sentir falta de um abraço, você não abraçou ninguém e se ninguém veio, será que não é porque você continua só esperando??
Se estamos nos sentindo só... a tendência é o isolamento, quando deveríamos correr pros braços de alguém... de alguém que possa nos confortar e nos compreender.
As pessoas se preocupam com futilidades!
São os detalhes que fazem a diferença... mas detalhes não são fúteis...

É preciso saber apreciar cada gesto, cada palavra e distinguir qual o significado de cada simples detalhe, que pode fazer toda a diferença.
São simples palavras que fazem com que você se sinta bem e são simples gestos que mesmo de longe nos fazem sorrir... mesmo que quem esteja do outro lado nem saiba!

E não é atoa que as pessoas passam umas nas vidas das outras...
**** Aliáaaaaaaas... NADA ACONTECE POR ACASO!****

Lilian Roque de Oliveira
Enviado por Lilian Roque de Oliveira em 20/12/2005
Código do texto: T88752
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lilian Roque de Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
170 textos (24260 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:10)
Lilian Roque de Oliveira