Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida que te Quero Viva!

A Ti!

A vida é algo de muito precioso, para que não possamos dar valor ao nosso dia a dia.
Não como um rosário que desfiarei, mas para dar valor real à Vida, que hoje, tanto dou.
Aprendi a viver, pois não sabia!
Após muitas depressões que passei na vida, tive a pior de todas, pois essa, me levou quase à morte.
Não é trágico! É verdadeiro!
Quando comecei a minha convalescença, fui à Aliança Francesa e conheci uns Franceses. Disseram-me eles:
 " - Por que não conta o que passou "?
É o que farei hoje, sem medo, sem covardia, com humildade e veracidade.
Estive internada quatro longos meses numa Clínica Psiquiátrica.
Conheci o que foi de pior na minha vida Não pelo tratamento, pois encontrei pessoas boas e outras que jamais acreditariam que pudesse estar hoje aqui.
Acho, que nem eu mesma, acreditaria no retorno a mim mesma. Só quem passou por isso, sabe do que estou falando.
Eda, na Internet, Eda, fazendo poesia! Digo, então: Obrigada aos meus amigos que me ajudaram!  Não direi os nomes, porque, graças a Deus, foram muitos!
Não tenho mais família consagüinea. Eramos poucos, e, os perdi.
Para não me alongar mais, quando saí da clínica, deram-me por caso perdido, pois quem lá vai, acho muito difícil " O Suave Retorno", ou O Lúcido Retorno".
Estive na UTI, durante cinco dias, bem antes de ir para a Clínica.
E o tempo foi passando. Eu me enchendo de psicotrópicos, cada vez mais fortes ,a ponto de não poder quase andar e falar.
Tornei-me vegetal. Tremia mais do que a doença de Parkinson.
Finalmente, anunciaram a minha alta.Sem nada entender, vim para casa, com Maria, grande amiga.
Uma última médica veio me ver, Dra. Moema de Andrade, a quem amo e a quem jamais pagarei tanta dedicação.
Veio a minha casa, pois eu não aceitava ajuda de nenhuma espécie.
Disse-me:" Nunca, é uma palavra que não existe"!.
"Se eu não curá-la, rasgo o meu diploma"!
E, atuaram Jesus e Moema , na minha vida.
Um dia, como tantos outros de eterna tremedeira, fui dormir.
Preparem-se: " Acordei CURADA!!!"
Milagre Divino, Milagre de Amor!
Jesus me tomou nos braços e me curou!
Acordei boa, sem tremer, sem alucinações,sem medos, sem psicotrópicos que iriam me matar, como atestou a Dra.Moema, tal a quantidade...
Há muita coisa para falar e dizer.
Não houve intermediários. Jesus me tomou nos braços e disse: " Vem,anda, caminha, fica boa, teu tempo de dor acabou. Sê Feliz!
Fiz seis longos meses de Fisioterapia, pois estava toda atrofiada. Fiz Hidroginástica. Passei a ser feliz,a confiar na minha vida, nos meus pensamentos, nas minhas ações, dando graças por poder olhar a vida, pois só a via. Passei então à Procura do Tempo Perdido
Nada mais me deteria, tudo seria Alegria, Vida Pulsante, Feliz!
Agradeço a Deus, até o tempo em que estive internada, pois foi um Aprendizado terrível na minha vida.
Quando escrevo em meus poemas: Quis rezar, mas não podia", é porque estava numa outra dimensão de vida. Eu ouvia, entendia, mas não estava aqui.
Não se preocupem.Estou perfeita, linda, bonita, amando a vida, mais do que tudo, agradecendo o ar que respiro, a casa que me serve de guarida, em minha Doce Araruama.
"Vida que te Quero Viva", entra cada dia em minha morada e me dês a sagrada luz suave e acolhedora e que eu possa ajudar a todos indistintamente.
Se gostaste do que contei, lembra-te: " Agradece todos os dias o que tu tens, de bom ou de ruim .E procura ser sempre, cada vez melhor em ti mesmo, em relação a ti e aos teus irmãos, aqui na Terra.
Lembra-te: " Nada levaremos, só o amor que tivermos dado e as flores que tivermos deixado pelo nosso suave caminho, as Borboletas( meu símbolo), lindas, esvoaçantes, como hoje é meu pensamento :" Perfeito"!
Obrigada e não se  esqueçam: " Tu és muito amado por mim, pois rezo por ti todos os dias da minha vida e agradeço a Jesus tudo o que sou hoje.

Só Hoje importa, passou o Ontem e o Amanhã, Ele proverá!


Eda Carneiro da Rocha
Araruama, 26/09/03










 
   

 
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 31/03/2005
Código do texto: T8933

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:29)
Poeta Amor