Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desbafo pós-natalino.

E aqui estou eu me sentindo a pessoa mais frustrada!
Eu que sempre acreditei que Natal é a data da família, da união, da compreensão. A data daquele abraço apertado com sabor de quero mais...
É claro que passei o Natal com meus filhos e meu marido; lindo, diga-se de passo... mas, cadê os demais?
De tantas mensagens natalinas (eles estão todos por aí)foi muito frustrante receber "quatro" este ano! é chocante! Cadê minha família?
Eu que ficaria tão feliz com reuní-los para um abraço, estou pasma! Eles sumiram, Onde estão?
Recebi muitos e muitos desejos neste Natal, dos amigos recantistas e me encheram de esperança de um ano melhor que este. Pessoalmente conheço apenas um (grande Kate, aquele abraço). A todos, sinto como se os conhecesse de longa data, pois quando escrevemos, abrimos nossos corações para os demais, e assim vamo-nos conhecendo.
A vocês, amigos do Recanto (me fizeram chorar diversas vezes), agradeço de coração por terem ajudado a tornar meu Natal mais humano, tomando também o lugar da minha família, aquela que desapareceu. Um grande beijo no coração de cada um de vocês.
E MINHA FAMILIA ONDE ESTÁ?
ACORDEM!
VOLTEM, QUE EU AINDA NÃO SEI VIVER SEM VOCÊS!
Liazap
Enviado por Liazap em 26/12/2005
Reeditado em 30/12/2005
Código do texto: T90529
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Liazap
Nova Petrópolis - Rio Grande do Sul - Brasil
208 textos (10702 leituras)
1 e-livros (129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:46)
Liazap