Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pense nisso!

Roberto e Paulo eram dois grandes amigos, consideravam-se como irmãos.

Confidentes, companheiros, estavam sempre juntos, tinham enorme prazer de gozar um da companhia do outro.

Certo dia porém, um mal entendido, uma discussão,  e Paulo chateou-se com Roberto.

Não se dispôs a conversar com o amigo para equacionar a situação, simplesmente o ignorou.

Roberto por sua vez, também agiu da mesma forma.

Um sentia falta  da companhia do outro, entretanto, o orgulho e a intransigência falavam mais alto.

Sequer cumprimentavam-se, os amigos em comum tudo faziam para que ambos voltassem as boas, mas os esforços eram em vão.

Quando questionados sobre  o motivo da desavença,  afirmavam categoricamente que não sabiam ao certo, mas que a culpa era do outro.

Ninguém estava disposto a ceder, por inflexibilidade e falta de diálogo foi-se embora uma grande amizade!

Para que nos harmonizemos com as  pessoas se faz mister um olhar caridoso, indulgente, que enxerga no semelhante um ser em evolução, sujeito a equívocos  e que deve ser amado e aceito como é verdadeiramente.

Amando e aceitando, servindo e dialogando não seremos inflexíveis em nossos relacionamentos.

Aceitaremos assim diferenças e nos livraremos de rusgas desnecessárias que só nos machucam.

Aprenderemos que muitas vezes ceder não é perder, mas sim vencer!

Se um dos amigos  na história acima houvesse cedido não teriam abdicado da fina flor da amizade.

Continuariam aprendendo, sorrindo e vivendo juntos.

Mas, infelizmente  muitas vezes sustentamos uma posição radical a pretexto de firmeza e abrimos mão de coisas que nos enriquecem a existência.

Quanto maior a inflexibilidade, mais fácil as chances de insucesso nos relacionamentos!

Quanto menor o diálogo, maiores serão as chances de desentendimento!

Pense nisso!


Wellington Balbo
Enviado por Wellington Balbo em 16/01/2006
Código do texto: T99600
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wellington Balbo
Bauru - São Paulo - Brasil, 41 anos
364 textos (104033 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:18)
Wellington Balbo