Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA AMIZADES

 O amor pode ser celebrado de diversas maneiras.
 No seu caminho a eternidade conduz o que foi expresso em palavras, gestos. Para que todos compreendam a sua magnitude e exemplo de vida!
 Nada para ele é subjugado e através do tempo ativamos a refração das atitudes incompletas. O agora é o momento da propagação do amor. Não deixemos para amanhã.
 O amanhã ainda é incerto e depende muito de nossas ações.  Às vezes uma pequenina atitude, move um grande número de destinos. E o amor precisa de pontes, para ver restaurada a harmonia universal. Que possamos ser estas pontes de ternura, carinho, amizade, compreensão e otimismo. Que tenhamos a coragem de dar o primeiro passo. De abrir sem medo as portas do coração.
 Hoje, nos é dada à oportunidade de ouro!
 E a chave da felicidade possui infinitas cópias. Todas elas guardadas sendo que cada uma no âmago de cada um. Disponíveis a todo instante, desde que haja possibilidades de compartilhar tudo que nos for dado através do céu e sobre a terra.
 Não esperemos pelo retorno para reportar sentimentalidades. A vida é toda centrada no momento presente.
 Vale lembrar que todos são irmãos independentes das barreiras que tanto interferem a manifestação do amor. Podemos transcendê-las e isso é mais um desafio lançado para testar os nossos valores.
 Cada pessoa é um fruto da grande árvore. Não há como viver isoladamente, pois precisamos um do outro, o tempo todo. As diferenças aumentam o desempenho do aprendizado. Porque através delas medimos a capacidade de aceitação e desenvoltura do mesmo. E se o papel for trocado, se a cena se inverter...
 São coisas a serem meditadas e observadas com a consciência do amor.
Gostaria de dedicar a você, um poema de Gandhi.

"SE EU PUDESSE..."
 
"Se eu pudesse deixar algum presente a você,
deixaria aceso o sentimento de amar
a vida dos seres humanos.
 
A consciência de aprender tudo
o que foi ensinado pelo tempo a fora.
 
Lembraria os erros que foram cometidos
para que não mais se repetissem.
 
A capacidade de escolher novos rumos.
 
Deixaria para você se pudesse,
o respeito àquilo que é indispensável:
 
Além do pão, o trabalho.
 
Além do trabalho, a ação.
 
E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
 
O de buscar no interior de si mesmo
a resposta e a força para encontrar a saída”...
                                                   (GANDHI)

Fim desta, Cristina Maria O. S. S. – Akeza.

Muito Obrigada por escolher esse humilde texto! Deus lhe proteja sempre!
Akeza
Enviado por Akeza em 19/01/2006
Reeditado em 03/06/2013
Código do texto: T101102
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403226 leituras)
59 áudios (108005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:35)
Akeza