Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** SONETOS NÃO MORREM, JOÃO JUSTINIANO! ***


Nadir Silveira Dias


Prezado Justiniano

Sonetos não morrem jamais.
Poetas também não.
Poesia idem e o fim é apenas um novo começo.

E lágrimas nos olhos são apenas a prova de que a estúpida dureza da vida produzida pelos homens de pouca leveza no coração não conseguiu endurecer essa mente/esse coração baiano da cepa.

Não te ilude não, tens ainda muito a produzir!
Levanta, baiano, todos precisam te ouvir.

O Rio Grande está conclamando. O baiano não pode fugir!
Abraços fraternos


Escritor e Poeta – nadirsdias@yahoo.com.br

Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 14/05/2006
Reeditado em 14/05/2006
Código do texto: T155971
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1035 textos (153728 leituras)
4 e-livros (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:56)
Nadir Silveira Dias