Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HÁ LUZ EM TI, AMIGO!

Apagaste a luz da varanda
Mas um brilho intenso resplandeceu
Sobre teu rosto
A lua, entre nuvens, desfilava seu clarão
Percebeste, e ainda percebes
Há luz em ti, amigo!
Deixas teus dedos deslizarem
Pelas palavras que brotam da mente
Ou do coração e formam
Uma serpente de versos contundentes
Há luz em ti, amigo!
Clareias os sóis dos teus dias,
Por vezes escurecidos pela dor
De alma que te invade
Mesmo que a tristeza te procure
Consegues sentir o calor desprendido
De tua claridade intrínseca
Há luz em ti, amigo!
Mesmo sendo resplandecente
Não desejas apagar a luminosidade alheia
Queres faiscar estrelas num firmamento
De sabedorias todas humanas
Há luz em ti, amigo!
Que ela possa brilhar e ser útil a outrem
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 27/05/2006
Código do texto: T164240

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916764 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:41)
Denise Severgnini