Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



VEM AMIGO,PARA MEU ABRIGO






Ver-te perambular
Sem eira nem beira
Me põe a chorar
Porque só desces a ladeira

Já precisei de ti
e me acudiste
Não perguntaste
Não julgaste

Agora, é a minha vez
Venha para o meu abrigo
que te consolará, talvez
Venha te aliviar , meu amigo

ÂNIMO, FORÇA E FÉ
SÃO COISAS QUE DEVES TER,
Não joga assim, teu boné
Ficando a falar, em morrer

Lutar pela vida é dever
Vivê-la intensamente é do ser
Venha, que transformaremos esse padecer
Em dias melhores a florescer....






Para todos os amigos neste dia, aos que sofrem e precisam de uma mão amiga...







Malubarni
Enviado por Malubarni em 20/07/2006
Código do texto: T197882

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118434 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:35)
Malubarni