Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

adeus amigo...para sempre...

ao meu amigo carniça

Tem gente que a gente não esquece
carniça é assim...inesquecivel
vestido em mulambos...fedia...
mas era um amigo do peito...
de maconheiro virou traficante
era o dono do pedaço...
um dia levou um balaço...
tinha dezoito anos o danado.
deixou cinco filhos homens
e um sem número de viúvas
o cara sabia amar, era gostoso
também, só andava cheio de ouro.

Um dia o carniça teve em casa
entrou pelos fundos como sempre
entrava escondido dos velhos
que não o achava boa companhia
bem, isto até ele mesmo dizia,
me chamou sussurando, com medo
ora essa, carniça com medo???
sim ele tinha medo dos velhos
me deu um forte abraço, disse adeus
só entendi quando li o jornal.

amigos são sempre amigos
não importa o caminho que seguem
a gente se afasta, mas fica amigo
lembro, agora, toda a infância
pipas, carrinho de lata, pião
os dois pra lá e pra cá...
dormimos juntos na prisão e...
só o revi naquela noite do adeus...
adeus amigo...para sempre...
che guevara
Enviado por che guevara em 28/08/2006
Código do texto: T227524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
che guevara
Abaíra - Bahia - Brasil, 45 anos
37 textos (12504 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:28)