Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amigo, abrigo, saudades

Quando criança corriamos pelas ruas
pulando esgotos, brincando no lixão
olhavamos pelos muros meninas nuas
elas nos xigavam, nos davam beliscão.

Depois crescemos e ainda sem trabalho
faziamos as mesmas estrepulias
só que desta vez pulavamos os muros
e corriamos atrás das nuas gurias

Numa destas vezes uma porta aberta.
Entramos na casa e levamos um bujão
vendemos logo na primeira  oferta
gastamos tudo na venda de "seu" Dão.

Uma semana depois você foi pego
amarrado atrás do fusca da policia
arrastado pela rua do zé do cego.
juro que não o reconheci na pericia.

hoje você faria 30 anos de idade
e estaria dando um belo churrasco
não posso lhe desejar felicidade
pois hoje é capitão o seu carrasco.

mas posso com certeza te dizer:
obrigado por ter sido meu amigo
e pra sempre vou te agradecer
por ter sido, em  vida, meu abrigo.
 
che guevara
Enviado por che guevara em 30/08/2006
Código do texto: T229072
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
che guevara
Abaíra - Bahia - Brasil, 45 anos
37 textos (12504 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:23)