Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema da partida

De partida, meus irmãos, chorar não devo.
Devolvido que me foi emprestado,
nenhum direito a reclamar.
Na estrada, íntimo forasteiro do tempo,
muito mais recebi que o merecido,
porquanto não soube dar o que mereceram.
Vai raiar a minha estrela noutra jornada,
não sei onde nem com quem experiências vou trocar.
Não adianta questionar ou saudades lamentar,
nada nas mãos à porta estreita que me espera
apenas levarei a paz do coração.

Santos-SP-04/09/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 04/09/2006
Código do texto: T232804
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:38)
Inês Marucci