Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                Foto: Gattomidia - Trabalhada no PSP By Akasha De Lioncourt

Meu Amigo Maragatto

Quero dedicar meu carinho a uma pessoa especial... alguém que me acompanha há quase seis anos nesse universo virtual e a quem sempre pude chamar de Amigo. Sim, esse amigo esteve comigo nas horas boas e ruins, entre risadas e lágrimas, em todos os momentos sempre foi um ombro amigo e um excelente conselheiro.
Te conheci Maragatto, o maior briguento que já vi na vida... só porque costuma dizer o que pensa e não mede as palavras... você sempre bateu primeiro e assoprou depois... 
Hoje, você é meu amigo Gatto, ou simplesmente João, ou meu amigo Bokão (será que conto o motivo desse apelido? Se eu contar é mais um mico pra todo mundo lembrar depois, né?), mas só posso dizer que não é nada pejorativo, apenas uma brincadeira de irmãos mesmo. Mas que eu sou a rainha dos micos, ah, isso eu sou... 
Conheci, ao longo dos anos, um filho exemplar, que traz consigo um amor imenso pelo pai que já partiu e outro não menor pela mãezinha, por quem zela diariamente com dedicação invejável. Ah, João, se todos os filhos fossem iguais a você, não existiriam asilos nesse planeta. Eu o admiro cada dia mais por ser esse homem cuja capacidade de renúncia é tão grande em nome de quem ama a ponto de desistir de ver à final da Libertadores apenas para não deixar sua mãe em outras mãos que não as suas... Você merece o meu respeito enquanto filho exemplar, meu querido amigo MaraGatto.
E, como não poderia deixar de ser, você também é um pai inimitável e sou testemunha do amor que você lhes dedica e também no quanto é retribuído por cada um dos seus pimpolhos... aprendi a amar seus filhotes, principalmente os meninos com quem falo sempre, e testemunho a excelente formação que você deu a cada um deles. Enfim, meu amigo, não poderia ser diferente, quem sai um bom filho só pode ser excelente pai.
Além de pai é um amigo para todas as horas e eu sempre soube disso... quantas vezes você me defendeu nesse nosso mundo virtual, brigou por mim e até comigo para que eu aprendesse a não confiar tanto nas pessoas e escolher melhor minhas amizades... você chegou a ficar quinze dias sem falar comigo só pra que eu deixasse de frequentar um certo software que achava que não servia pra mim... sempre cuidando, feito irmãozão... e saía na linha de frente contra quem quer que fosse. Jamais esquecerei quantas vezes isso aconteceu.
Eu me emociono quando falo da nossa amizade porque sei que ela é verdadeira e recíproca... e é por isso que eu quis, hoje, vir aqui dizer só uma coisinha pra você:

Obrigada por você existir e ser meu amigo!!! Pode ter certeza de que a recíproca é muito mais do que verdadeira... Amo você muitão, meu amigo-irmão!!!

Beijos, da tua maninha...
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 06/09/2006
Reeditado em 04/07/2009
Código do texto: T233715
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1034944 leituras)
72 áudios (109735 audições)
30 e-livros (56853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:11)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor