Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO CULTIVAR AMIZADES

Sem dúvida alguma, amizade é o sentimento que devemos cultivar com mais cuidado e dedicação em nossa vida. Descobrimos nossa verdadeira alma pelas amizades que conseguimos conquistar, e, mais importante ainda, que conseguimos manter ao longo de nossa vida.
Se somos capazes de fazer e manter boas amizades, forçosamente é porque temos algo de bom em nossa alma, pois as amizades são conquistadas com atitudes, com palavras de apoio e carinho quando necessário for. Mas tais atitudes devem expressar sinceridade. Com amigos, devemos usar e abusar da sinceridade, sempre sendo coerentes em nossas acções, nunca esquecendo de que, em caso de justificar-se uma reprimenda, devemos ter presente que nossa obrigação de amigos, será apontar as falhas de conduta de nossas amizades.
Aqui cabe um pensamento muito interessante de um jovem de quem ainda ouviremos falar. Gravem esse nome. É um tal de Confúcio...
Se você quiser um ano de prosperidade, cultive grãos.
Se você quiser dez anos de prosperidade, cultive árvores.
Se você quiser cem anos de prosperidade, cultive pessoas. (Confúcio)
Sem dúvida alguma, nosso amigo está coberto de razão. Conseguindo cultivar pessoas teremos sempre muita prosperidade. Se não for financeira, será espiritual. Sempre fará bem para nosso espírito saber que temos capacidade para conquistar e desenvolver amizades.
Contudo, sempre existe a possibilidade de deixarmos escapar algumas boas amizades, por razões alheias à nossa vontade.
Por exemplo, quantas vezes amigos se afastam por questões mal explicadas. Alguma atitude inconveniente, talvez. Ou algum mal entendido. Sabe-se lá porque. Claro que o sentimento de amizade nesse caso, não estava bem sedimentado. Não era, digamos, uma real amizade, mas algo ditado por alguma conveniência de uma das partes, ou de ambas.
Por vezes é unilateral. Sentimos essa espécie de carinho de amigo por alguém, que não nos dá o retorno. Paciência, mas jamais devemos considerar como motivo para deixar o sentimento morrer em nosso interior. Não custa nada permanecer como amigo. Quem sabe um dia uma luz iluminará essa cabecinha renitente.
Há que se notar que uma real amizade cria raízes, e na verdade, depende do tempo ou mesmo da convivência.
É ditada pelas afinidades. Surge por vezes inexplicavelmente. As afinidades são descobertas, e por causa delas o sentimento cresce, unindo pessoas que nem sempre se conhecem fisicamente, e tais amizades vão se fortalecendo, muitas vezes justamente por não haver esse contacto mais estreito. São mantidas no terreno de amizade, que é um sentimento puro. De repente ficamos amigos. Por que? Ora, porque...
Algumas vezes podem ser confundidos com amor, o que por vezes atrapalha o relacionamento.
Amizade não requer exclusividade, enquanto o amor é bem mais exclusivista. Podemos dividir nossas amizades com outras pessoas, enquanto que, nosso amor, queremos apenas para nós mesmos. Amizades, podemos e devemos ter muitas, enquanto que o amor exige exclusividade.
Devemos apenas ser selectivos. Aliás, como a amizade é ditada pelas afinidades entre as pessoas, já é naturalmente selectiva.
Claro que sempre é necessário algum contacto, mesmo que extemporâneo para sua manutenção, para que não acabe caindo no esquecimento.
É com essa finalidade, para sempre procurar manter as amizades conquistada.



Allan Vilas Boas.
Allan Vilas Boas
Enviado por Allan Vilas Boas em 16/11/2006
Código do texto: T292975
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Allan Vilas Boas
Teixeira de Freitas - Bahia - Brasil, 24 anos
7 textos (1072 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:34)
Allan Vilas Boas