Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORES



       As flores murcham
       Os palácios caem
       Os impérios desintegram-se
       Mas só as palavras sábias permanecem.

       
       Quando pudermos sentir a presença de Deus em tudo, veremos o mundo como um lindo jardim.
       A verdade não está em mim, mas em tudo que vejo:
       "A natureza com seu ollhar tristonho".

       
       Olho crianças engaioladas sem curtir a infância
       Vejo o azul do céu acinzentado
       O mar não tem definição de cor
       O respeito é indiferente ao amor

       As estrelas já não me piscam seus olhinhos prateados
       O Firmamento está cada vez mais distante
       A camada de Ozônio sufoca a repiração do planeta Terra
       A água já não é mais inodor, e cheira  cloro
       A vida essa não tem mais preço
       Palavra coisa do passado
       As quatro estações estão com seus vagões a deriva

       Famílias, estruturas muitas vezes desestruturadas
       Religião coisa que não se discute
       Jovens despreocupados, coitados! Não imaginam o que os espera.
       Mudanças na atmosfera, que vem com uma fera balançar o mar.
       
       Isso tudo é derreispeito, falta o jeito, jeito de amar, cuidar da nossa casa, tão recepitva, terna, sincera, como uma flor a murchar! Esse é nosso dever temos orar.



 
       
       
       
Pretacosta
Enviado por Pretacosta em 22/08/2005
Código do texto: T44378
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pretacosta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
236 textos (32726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:41)