Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marcas



O dia ensolarado como quase sempre
Contribui para que tudo pareça estar normal
Os prédios,
O movimento,
As rotinas, que tentam se impor.
A convivência, mais difícil, tenta superar uma ausência
Num pacto tácito pela sobrevivência
Mesmo sabendo que essa ausência tem motivos pessoais nobres
Que ela atende a um projeto sonhado
Que ela é para a própria felicidade do ausentado
Essa ausência dói
Falta um membro insubstituível nos corações
Porque sua riqueza é impar
Pessoal e intransferível como um documento de identidade
Por suas marcantes características
Por sua forte personalidade
Por seu estilo ora suave e compreensivo
Ora peremptório e determinado
Falta uma inteligência
Surpreendentemente madura para os poucos anos de vida
Falta este apoio
Esta alternativa de idéias
Falta a maior voz  de uma paixão pelo clube do coração
Mas, principalmente,
Falta-nos aprender que teremos que conviver sem ele
Que esse é o preço a pagar por sua própria felicidade
Pelo encontro com o seu destino

Haverá um “aqui”
Não importa onde estivermos
E neste “aqui” você sempre estará presente
E toda vez que se fizer presente também de corpo
Somente possibilitará confirmarmos este sentimento
...E como o estoque de nosso desejo jamais se esgotará
Podemos usá-lo indefinidamente como agora:
“Toda felicidade do mundo, Fábio”.

Edbar
Enviado por Edbar em 15/10/2007
Código do texto: T695047
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 66 anos
2954 textos (85537 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:20)
Edbar