Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                
                   






Aos meus amigos do Recanto

Ah, se pudessemos realmente avaliar o quanto somos

importantes para alguém!

Talvez não deixássemos sempre pra depois aquele telefonema

ou visita adiados.

As vezes por distração, ou absoluta falta de tempo.

E enquanto seguimos nossas vidas, por demais atarefados,

alguém nos espera (mas não para sempre...)

Nos espera, conferindo a caixa postal do celular,

(Quem já não ficou ansiosamente ao lado de um telefone?)

aguardando uma carta, ou mail, abrindo o msn, ou muitas

vezes, bem ali ao nosso lado, ansioso por uma palavra?

Por isso, eu que realmente não creio no afeto silencioso,

E numa gratidão jamais expressada, resolvi fazer hoje

também aqui no Recanto, "O MEU DIA DA AMIZADE"

(Não é “culpa” do Natal, eu sou assim mesmo,

gosto de demonstrar meu carinho o ano todo)

Fui relendo recado por recado, agradeci mais uma vez, um a

um, desde o primeiro (valeu Aecio Flávio!)

Porque senti vontade de dizer a voces ,

o quanto vocês são importantes para mim.

Quanta luz e vontade de viver vocês tem me trazido!

Quantas boas risadas já dei, quantas vezes fiquei

refletindo nas verdades de um texto!

Minha vida agora esta cheia de livros de literatura, de

gramática, hoje eu sinto vontade de crescer e melhorar.

Tenho aprendido muito com cada um de vocês e até um pouco

de eternidade acabei ganhando! (Obrigada José Gorki!)

Tenham certeza que torço por cada um de vocês,

que cada elogio é sincero, porque mesmo não sendo nenhuma

critica literária, de emoção eu acho que entendo um pouco.

E que do meu jeito, as vezes meio loukinho e distraido

as vezes mais tímida que bandyda, eu tenho compartilhado

com vocês minhas dores e alegrias, meus sonhos e fantasias.

Desejo a vocês todos muita saúde, muita paz, muito amor,

E claro, muitas e muitas poesias!

Feliz 2006 para todos!!!



   
 


Não resisto a um agradecimento especial:

NAZA BREEMAN, nunca esquecerei a emoção que senti quando 
pela primeira vez você me chamou de POETISA...

E eu que da vida já não esperava muitas surpresas,

descobri que ela PODE SIM, SER MARAVILHOSA!!! 

Obrigada!


         


                   


Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 21/12/2005
Reeditado em 01/05/2013
Código do texto: T89110
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164700 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:29)
Carinhosa