Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POESIA PARA O AMADO (10)

Guarda-me no ritmo de tua respiração,
celebrando o amor, que trago como dádiva
na oferta do meu coração.
Observa a canção de minha alma, o toque suntuoso do meu silêncio e a intenção das minhas palavras.
E se for possível, fixa no teu mundo o meu sentir e abriga no teu peito cada declaração que te fiz.
Porque sou tua humilde metade e nada do que fizermos poderá mudar essa realidade.
Portanto, amado guarda-me na música de teu corpo e deixe que eu me ilumine na luz de tua estrela.
Ainda a tempo de contemplar a ternura dos meus sentidos, de desvendar os segredos dos meus lábios e as paisagens íntimas do meu olhar.
Aproxima-te e recolhe a suavidade de meu sorriso.
Há um arco-íris dentro dos meus sentimentos, há o sol entre os meus abraços e em meus sonhos tu te encontras, como uma prece da eternidade.
Não temas o que te invade pela janela da emoção, nem resistas ao volume de minha admiração.
Porque chegará o dia em que a minha poesia irá se transformar em água e correrá desesperadamente para o grande oceano...
E então, tua procura será inútil e o teu movimento sem finalidade.

Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza.

Akeza
Enviado por Akeza em 08/04/2006
Reeditado em 16/03/2015
Código do texto: T135611
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403185 leituras)
59 áudios (108005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:35)
Akeza