Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muralhas

Muralhas de pedra,  de ferro,  de sombras,
tão inconscientes quanto  a explosão da seiva vital;
por elas invadem meus sonhos tão loucos,
decididos a rasgarem fendas de luz,
que do teu coração emana o amor.
E mais que subitamente,
teu fogo me invade,
não importa que muralhas de pedra nos apartem.
Riscam veredas misteriosas, as recordadas d'instintivos anseios
que sustentaram o nosso viver esperançado,
desde os primórdios da escada que se floriu do nosso amor perfeito.
Estas muralhas se derretem  tal neve ao sol doirado,
porque o meu amor transcende a todo obstáculo que haja,
criando pontes, istmos, cipós,
buscando-te para um abraço eterno,
infinita e deslumbrantemente liberto!

Santos-SP-09/04/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 10/04/2006
Código do texto: T136581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:30)
Inês Marucci