Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Por toda a eternidade...

De todas as lágrimas que já derramei,

gosto mais das que brotaram de saudade de ti.

De todos os sorrisos que já pude sorrir, 

aprecio os que te dou, quando  de manhã cedo, 

me trazes café na cama e dizes: Bom dia!

Iluminando-me a alma com carinho e ternura...

De todas as loucuras e tolices que já fiz, 

entendo melhor as cometidas num impulso amoroso, 

mescla de saudades, ciúmes e paixão.

Em tudo que faço, em tudo que penso,

em tudo que digo, sei que estás presente...

Mesmo quando me calo, quando mais uma vez,

renego esse amor, tu estas comigo...

Como a minha mais bela e mais firme certeza,

porque és meu destino, sim, tu és minha sina...

Impossível negar:

Tu nasceste para mim, soube assim que te vi!

Querido, tu sabes! 

Essa tola mulher, só nasceu para amar-te!

Mesmo com todos os meus erros, todos os meus enganos...

Tu Sabes que sim, "Eu hei de amar-te, pela eternidade..."



barra007.jpg


Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 25/05/2006
Reeditado em 01/05/2013
Código do texto: T162776
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164702 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:25)
Carinhosa