Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poder do desconhecido.

  É noite...chego em casa... sózinha.
  Apenas uma solidão me aguarda.
  Me preparo para um banho, meu telefone toca.
  Uma voz , uma voz suave me desperta de uma tristeza. Com um tom tão delicado me diz "oi", fico a imaginar como pode alguém que jamais vi pode ser tão carinhoso comigo.
  Me pergunta como estou, por onde andei e que sentira minha falta. Como sentir saudades de alguém que apenas conhece vitualmente, não sei o que diz é real ou ilusório. Despert-me de uma solidão angustiante, me faz viajar até seu encontro.
  Quero te ver, te conhecer.
  Será loucura, deixar tudo e sair ao encontro do destino, se vou passar por tantas provações, tenho medo do desconhecido, mas me fascina encontrar a outra parte de mim.
  Um homem carinhoso, cheio de charme, que espera ansiosamente por mim, um ser tão desconhecido quano eu.
  Vou ou não vou ao seu encontro?
  Eis a questão, a beleza, o sentimento que o coração despertou, nossos olhos apenas aprova com o sentir do outro.
eag
Enviado por eag em 26/06/2006
Código do texto: T182645

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
eag
Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil, 40 anos
73 textos (9428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:08)
eag