Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Marilia sem Dirceu

Na procura do homem chamado Dirceu
Dos sonhos alucinados
Marilia encontrou um amado pensou ser único
Mas o amor que Marília possuía
Foi desfeito com o tempo
Está de partida sua Marília
Sua estada nesse plano é passageira
Teve pousado nessa terra, para aprender com amigos
Marilia está preste a partir
Perdeu seu Dirceu
Perdeu seu amor
Perdeu o que nunca teve
Pois o medo da revelação foi maior
Que a coragem de ouvir um não
Amores ou paixões ocultas, silenciosas
Devem ser ditas
Pois Marilia está de partida
Sua missão é andar pela estrada sem fim
Para quem sabe um dia encontrar seu amante de alma.
Poetisa de Gaia
Enviado por Poetisa de Gaia em 16/07/2006
Reeditado em 16/07/2006
Código do texto: T195060

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa de Gaia
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (40114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:23)
Poetisa de Gaia