Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE PAI PARA FILHO

Quando você nasceu,
eu semeei flores ao teu redor.
Ao crescer você nem percebeu,
que em mim havia a promessa,
de um futuro melhor!

Coloquei o sol à tua disposição,
e pus a água na liberdade de um sorriso,
alimentei-te com a força do ar
e com a energia da terra
fazendo do céu, o teu sincero abrigo.

Nas noites de frio,
te protegi de esperança.
Nos desertos que andastes,
revelei o meu oásis criança,
para que na inocência,
pudesses absorver a perfeição da essência
e soubesse que nada é maior,
do que a minha humilde presença.

E quando cansado suspiraste ao meu lado,
lancei na tua onda o meu leito de mar.
Te dei a lua, os astros e as estrelas
para que de longe ao vê-las,
você conseguisse relaxar.

Porém, te vi triste com a cor da solidão
e para que não sofresses mais,
pensei em satisfazer
os caminhos do teu coração.
Te enviei uma companheira,
para preencher teus sentimentos,
compartilhando o milagre da multiplicação,
na luz que reproduz os frutos sagrados do casamento.

Mais ainda assim,
te lamentas e pouco enxergas,
o meu carinho indescritível de pai,
reclamas de tudo,
põe a culpa nas faces do mundo
e vives sem paciência, sem amor e sem paz.
Não vês que toda essa tua ilusão
é o que não permite que o teu ser seja capaz?
Portanto, filho amado
ergue-te das cinzas e agradeça
a todas as coisas do universo da Grande Harmonia.
Eu estarei sempre contigo,
para que em tudo possas elevar
a minha e a tua poesia!
 Fim desta, C. Santos.
Akeza
Enviado por Akeza em 26/08/2006
Código do texto: T226102
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403123 leituras)
59 áudios (107998 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:29)
Akeza