Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje

Hoje, estou frágil, sinto-me uma mulher frágil
Vou aproveitar a minha fragilidade para pensar em mim,
“na minha vida”
Peço-te: por favor, não grite comigo, não minta para mim
Hoje eu só quero uma mão segura, que me dê apoio sem cobranças.

Deixe-me subir...mas não me empurre na descida
Perdoe-me meu desacerto, respeite minha intimidade e
não destrua minha privacidade
Não coloque em mim a incerteza de ser amada
Fique calado, não diga nada para que suas palavras
não me façam cair em lágrimas.

Minha força interior não suporta mais inseguranças
por isto, desabo
Mudo eu... meu modo de ver-te e respeito seu modo de ser
Sei que nem todas as pessoas que amo, possam retribuir como eu gostaria
E daí? Não posso mudá-las, mas não deixarei de amá-las.

Não posso responsabilizar ninguém pelas coisas que eu gostaria de ouvir, pelos meus desejos que não acontecem, ou pela minha felicidade que está perdida
Sofro entre o amor e o desejo, mas compreendo o
“não poder alterar as coisas”
Este sofrimento me consome aos poucos.

Não olho para trás, mas o que passou ainda está
comigo e de mim não sairá
Além de estar dentro de meu ser, pode ser que eu não queira tirá-los de mim
Foram eternos e valerão até os fins de meus dias.
Não, não vou esquecer nada, não quero ser contida, não quero me conter

Terei outros pela frente?
Vou continuar esperando por aquele abraço bem apertado
que só você soube me dar
Eu só espero e peço um punhado de esperanças
Para com todo carinho dizer-lhe:
ADORO VOCÊ!


(Dedicado a meu amado esposo)



               
Cida Janes
Enviado por Cida Janes em 30/08/2006
Reeditado em 29/12/2006
Código do texto: T228687
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (" HISTÓRIAS REAIS DE MINHA VIDA ". Solicito manter meu nome no final do texto. Obrigada). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cida Janes
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 51 anos
89 textos (54388 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:54)
Cida Janes