Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIÇÃO DA VIDA (16)

No mundo muita coisa mudou,
porém as estrelas continuam a brilhar no céu
com a mesma intensidade de sempre.
Na terra, áreas povoadas
e sem a idéia fixa de como equilibrar o sistema ambiental,
pois ousamos pensar no agora,
colocando em dúvidas o futuro da vida.
Há preocupações com a matéria
e no espírito limitações cada vez mais freqüentes...
O amor está revolucionado em ausências,
e por mais que se queira ativá-lo,
tudo o que conseguimos é condicioná-lo, ao medo da violência.
Muita coisa melhorou:
a facilidade com que se conduz o diálogo,
a emissão científica, as estatísticas de ensino,
o crescimento industrial e biológico,
a transmissão de informações, etc.
Tudo em prol de novos recursos,
para que haja domínio cada vez mais, tecnológico.
A harmonia vem sendo conduzida como uma moeda em desuso
ou movida por um complemento isolado.
No mundo todo, muita gente cria pontes para a paz,
mais a exorbitante massa convencionalmente armada,
elege a guerra, como a mais potente força de comando.
O poder criou raízes na terra
e a classe menos favorecida sofre com o caos
provocado pela fome e pela falta de instrução.
A educação passou a ser comercializada
e a exigência no campo da habilitação,
solicita o nível máximo na hora da seleção.
Movimentos solidários tentam a aproximação de uma energia, onde o sentimento de igualdade obtenha êxito.
Já os partidos influentes,
torcem pela discriminação racial,
encontrando meios para favorecer-lhes,
condições de uma vida completamente diferenciada.
Há os que dizem: “A humanidade esqueceu em algum lugar a alma e atualmente não faz questão de reencontrá-la”.
Por um lado, essa expressão tem razão.
Pois tudo o que vive,
deveria ser tratado com igualmente respeito.
Vejam a inocência. Leiam o que diz o significado da palavra: “Singeleza, Castidade, Pureza, Ingenuidade, etc.”
Agora observem nossas crianças,
como adquiriram uma comunicação fora do seu contexto.
Embora em tamanho menor,
e com a compreensão em desenvolvimento,
a pequena vida é acometida
por um parecer desnecessário,
ao seu potencial físico e emocional.
E tudo porque em seus “Achados”,
o homem pensa numa evolução
propriamente independente do seu estágio espiritual.
Isto demonstra o quanto o ser,
precisa crescer, para ir de encontro ao essencial.
Portanto,
viva o dia de hoje, como se o amanhã não viesse a existir,
e tente dominar suas emoções e impulsos,
parando de vez em quando,
para ver o que realmente, necessita ser corrigido.
Essa é a tarefa mais difícil de praticar,
mais que tem tudo com a elevação da essência
e a perfeição dos sentidos.
 
Fim desta, C. Santos.

Akeza
Enviado por Akeza em 29/09/2006
Reeditado em 16/03/2015
Código do texto: T252124
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403103 leituras)
59 áudios (107990 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:03)
Akeza