Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No limite da saudade!

Acordei hoje com um aperto no coração.
Uma angustia que não sei bem definir.
Vontade de chorar.
Inquieta  e desanimada.
Vai passando o dia e nada melhora o meu animo.
Final de tarde o sol se pondo no horizonte.
Aumenta  a angustia.
Ligo a televisão e fico ali parada .
Passando os canais e nada me prende a atenção.
Desligo a televisão.
Ligo o rádio.
Toca uma canção  de amor bem romântica.
Nesse momento descubro a razão do aperto.
Da angustia e da vontade de chorar.
Saudade plena de você meu amor.
Do termômetro do nosso amor.
Aumentando o calor.
Centígrados de suor.
Num amor quente da saudade doida.
Que sulca no corpo uma ferida.
Forjado o coração de amor.
O pensamento voa, sem limites.
Sem juízo ou razão.
No limite da saudade.
Perdida nesta imensidão da saudade.
Sem limites.
LuaSempreCheia
Enviado por LuaSempreCheia em 07/11/2006
Código do texto: T284282

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuaSempreCheia
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 56 anos
711 textos (77414 leituras)
8 áudios (517 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:44)
LuaSempreCheia