Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

0800 para Deus

0800 para Deus

Eu vinha enfrentando um desânimo total. Cansada de ser jogada de lá para cá, nas imensas ondas do oceano dos meus pensamentos, que já estava quase me afogando. Quando uma onda gigantesca , que deveria ter mais de trinta metros, surgiu a minha frente. Levantou-me,e só me lembro de ter levado tipo um empurrão e rolado, fui caindo, caindo, submergindo, para uma espécie de fundo do mar. Não tinha aqueles corais maravilhosos, nem cardumes de peixes, nem sereias ou outros habitantes característicos daquela região. Tinha um fundo muito claro, uma luz azulada cercava  tudo. Me vi diferente, em outro corpo. Leve, etérea. Logo vi uma luz se aproximando, chegou perto de mim e pude ver, era um anjo, jovem. Louro, cabelos dourados que sobrevoavam nas águas. Tinha nas mãos uma espécie de concha de cristal. Estendeu para mim, peguei e fiquei a sentir suas vibrações. Ao tocar o estranho cristal, senti uma sensação de ser plena, completa, feliz, e de estar em paz.

O anjo falou-me: Agora, pode falar com ele. Logo ouvi um barulhinho feito um telefone. Ouvi uma voz. Linda, angelical, dizendo mais ou menos assim:

- Não se preocupe, tudo vai dar certo. No momento todos os atendentes estão a ouvir, não se desligue, aguarde mais um pouco, se quiser, aproveite ouvindo novas melodias que fazem parte das novidades musicais que serão inspiradas para o próximo Natal. Continuei ouvindo um relatório de novidades impossíveis de narrar, mas quase fantásticas. De repente outra voz me atendeu. Parecia sorrir ao falar. Tinha uma perfeita sonoridade, uma musicalidade doce e amiga. “Aradia, você demorou a me ligar, estou aguardando sua ligação, faz tempo! Pensei comigo mesma, só queria falar com Deus e ele logo me mandou seus anjos assistentes. |E o anjo começou: Fale rápido, pois sua ligação não foi pré-agendada, todas os atendentes têm muito trabalho... Você já ouviu no intervalo os novos temas natalinos, já ouviu as novas mensagens  intuitivas com visualizações cerebrais programadas para .... Ah, também gostaria de falar-lhe sou apenas um assistente de anjo, ainda não consegui executar a cota, que é, perdoe-me não posso revelar-lhe tudo, tomo uma reprimenda. Sabe como espírito, como inteligência, consciência, estava difícil, arranjar alguma colocação, então fui pegando esta colocação. È muito cansativa, mas permita Deus, que eu consiga pelo menos ter uma segurança, pois o que não falta é trabalho, mas você sabe estar bem empregado, é outra coisa.  Imaginei, este assistente de Deus está muito brincalhão, mas deveria ser verdade, porque ele logo, se desculpou e revelou:  - Não posso interferir na ligação com humanos, desculpe, desobedeci a regra número um.

Perguntei-lhe: é assim que os assistentes ouvem nossas preces, trocando de conversa, mudando de tema, falando sobre generalidades. Eu já estava ficando desapontada.

Ouvi do outro lado um sorriso, uma pequena risada, ou era apenas minha imaginação?

A voz mudou de tom ficou mais doce, profunda e serena, E com a melodia de um sorriso respondeu:

Alô, minha querida filha, tenha calma, muita paciência. Não tenho pressa, Seus pedidos são sempre atendidos, mesmo aqueles que esqueces de formular.

Ora, pensei, mais um assistente de Deus, querendo ganhar tempo, porque ele mesmo não me responde?
E a voz doce continuou após a seqüência dos meus pensamentos.
Criança, volte para dentro de ti mesma, reconheças sua imaturidade e aprenda a agradecer o que te é dado. Sou teu pai estremoso, passo horas a fio procurando mimos e pequenos tesouros para encantar teu dia-a-dia. Para ti e todos os teus irmãos.Sempre insatisfeitos e infelizes. Meus filhinhos tão amados.  Vou deixar-te mais um brinquedo. Soará dentro de teu coração com um sinal, uma campainha, e toda vez que sentires, tristeza, desânimo, solidão e te entregares a pensamentos vazios e negativos, sentirás uma profunda certeza de que tudo vai dar certo. Estarei contigo, em todos os momentos hoje e sempre.

Acordei do cochilo que tinha tirado ao deitar-me no sofá. Fiquei assustada, já era madrugada. Olhei fora da janela, o sol ensaiava seus primeiros raios num céu infinitamente azul, mesclado de algumas nuvens brancas e longínquas. Pensei que sonho tive esta noite, tão estranho. Eu falando com Deus no 0800.

Ouvi então a voz em meus ouvidos: Não foi um sonho, eu sou a realidade onipresente.

Tomei consciência de que se era Deus que falava eu deveria prestar mais atenção e senti no fundo do coração a certeza de que tudo sempre dá certo, nem preciso mais ficar interpelando as linhas do 0800 para Deus, quando posso fazer uma ligação direta, é só tentar e se permitir. E também deixar de pedir como carente e necessitada. Basta agradecer e todas as nossas necessidades são sempre atendidas.

Glória a Deus na sua Onipresença.


Publicado no Recanto das Letras em 7/11/2006
Aradia Rhianon
todos os direitos reservados
Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 07/11/2006
Reeditado em 12/09/2015
Código do texto: T284868
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87669 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:02)