Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escrever uns versos...

Escrever uns versos...
Quanta insignificancia num conceito de amor.
Mas por favor,
Olha para a poesia nos meus olhos,
Tão serenos e travessos
Que dizem num perfeito entendimento,
Quanto amor tem a minha alma, serena e calma
Quanto carinho alberga o meu coração,
Neste mundo de solidão,
em que me deito e descanso,
Neste sentido tão manso,
De beijar tua boca,
Afagar tuas mão,
Despertar em tí, eterno tesão
Muita coisa poderia dizer...
Mas um poema é para poetas,
E poeta mente,
Sorri, mente mesmo quando fala verdade,
Mente a sua enorme saudade,
Em que um dia encontrou no poema da sua amada
Mas, como um dia eu disse...
Poeta não sou, sou apenas eu...

(Alma)  29.11.06



*Lindo poema, obrigada!




                                       

Alma
Enviado por Carinhosa em 02/12/2006
Reeditado em 16/03/2015
Código do texto: T307660
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (165516 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 12:58)
Carinhosa