Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração Apertado


Hoje a tristeza invadiu meu corpo.
Peito machucado me sinto um bagaço!
Coração apertado, a sensação da garganta com osso.
As decepções da vida vêem com a força de um leão faminto.
Onde será que eu errei? Que tormento!
Será minha mania de tudo perfeito?
Será e exigência de mim mesma a querer consertar teu jeito?
Filha que amo! Penso em ti descobrindo o mundo!
É minha mania de querer antecipar as coisas e não querer 
que sofras, 
as agruras do mal feito.
Observo-a de longe, vejo-te madura, ainda falta estrutura.
Venha...Siga minha vereda!
Mãe... Tu és mãe e serei teu esteio, filha!
Confie, não sofras! Amo-te!
Sou mãe... Tu és mãe, somos unas!


16/09/05

LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 18/09/2005
Reeditado em 05/01/2011
Código do texto: T51696
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (158643 leituras)
2 áudios (428 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:15)
LuliCoutinho