Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Louco de amor

Louco de amor

No seu quarto, em penumbra, em desejos.
Quero adentrar. E meus desejos loucos.
Quero tudo e nada, quero carinhos
Quero teus braços, na mulher de verdade
Uma amante e amada que consumirá meu eu.
E que me fará um louco e pervertido.
E me deixara louco. Louco de amor.

Com o fogo como a mulher de tantos desejos.
E busca o intenso aconchego.
E momentos do prazer e dos orgasmos.
Busca-me como louca.

É de intensidade e constante os movimentos
Suas pernas entreabertas tremulas.
Provando estar ciente dos atos.
De mulher fogosa. E muito mais gostosa

Provoca e insiste. Entra nos devaneios
Deixa que lhe sugue os seios.
Que lhe beije todo o corpo.
Ferve todo seu corpo de tesão e de paixão.
Sua alma pede amor.


ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 23/08/2007
Código do texto: T619752
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4102 textos (159997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:06)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA