Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IGNORA NÃO, DÓI!

“Se eu fosse você, olhava pra mim”.

Será que nesse mundo em que você se trancou
De fato em nenhum momento você me notou?
São tantas coincidências, ou insistência mesmo?
Por que você chora? Sempre quis secar suas lágrimas?
Você nunca percebeu, ou por fé conta que não?
Ainda que por curiosidade vã, você deveria ter me notado.
Tantos rastros, passos lentos, mas em sua direção caminhei.
Eu falo desse meu querer há tempo, já até me cansei!
Fiz brincadeiras de criança, e te chamei para a dança.
Mas no teu mundo fechado, no teu balanço de vida acabado;
Você nem se quer se deu conta de mim e tem me ignorado.
Cansada, me ausento num canto só meu e desconhecido.
Eu não rebusco nas minhas palavras, já que transparente,
Você não me vê e segue adiante, retirante e indiferente.
Eu só posso te dizer assim: joga fora não algo tão constante.
Tem tempo? Dimensão? Dor? Medo? Decepção?
Tem nada! Já que nada você aceita por um assustador não!
Rose Stteffen
Enviado por Rose Stteffen em 28/08/2007
Reeditado em 21/04/2011
Código do texto: T628319
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rose Stteffen). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Stteffen
São Paulo - São Paulo - Brasil
1346 textos (177562 leituras)
15 áudios (1868 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:41)
Rose Stteffen