Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RELATO DO AMOR

RELATO DO AMOR

Estava pensando em algo nesta madrugada e pensei em você.
Se a vida foi feita para viver, quero ver, quero ouvir, quero ter.
Quero sentir emoções que acrescentem valor à minha alma, compartilhar sentimentos que ajudem na compreensão da vida e das pessoas.
Formas e valores únicos que trazem a nós o sabor do amor.
Frutos destes sentimentos que habitem em nós e façam moradas em nossos corações, a janela do amor, nos policiamos muito, nos cuidando de mais, em relação a este sentimento, nós nos indicamos a nós mesmos, que direção devemos seguir em relação ao amor, deveríamos deixar o amor tomar conta de nossa alma, invadir o nosso coração e nos entregar a este amor.
Deveríamos deixar ser mais amados e deveríamos amar mais vezes, por que o AMOR é algo lindo, não dói amar, não dói deixar-se amar.
O Amor saudável, recíproco ou não, não machuca a ninguém pelo contrário, ele fortalece o ser humano, deixa a pessoa mais feliz e forte, dar Amor sem esperar de volta o Amor de volta de alguém.
Ao contrário do homem e a mulher o Amor se diferencia, se torna mútuo porque quando duas almas se cruzaram de tal forma, questionando se a passagem vale a pena, se somos tão egoístas a ponto de nós reprimirmos em nós uma só maneira de lutar contra este sentimento mais lindo, lutaremos até quando contra ele, pela nossa sobrevivência?
Poemas são reflexões e o Amor estará em todas elas, lindas palavras que nos enchem a nossa alma e fortalecem nosso espírito, as janelas do amor devem ser abertas para que ele possa entrar e habitar em nós.
Estranho sentimento pelas quais milhares de palavras tentam expressa-lo a cada dia que passa, e sempre haverá mais e mais novas palavras para falar dele, sem pudor, e com muita ousadia, será falado eternamente.
Sua forma habita minha alma e enche meu coração de vida e de alegria, e às vezes, em que parei para pensar nisso, sua forma tomou conta de mim, de tão belo e sorridente que é o Amor, me faz sentir uma criança quando deixo me levar por este belo Amor.
Talvez seja a forma mais bela e pura de ser um ser humano se chegar no amor, tornando-se criança de novo, por que as crianças são meigas e tem coração puro, e não tem medo de amar e serem amadas, deseje ser uma criança quando você se conhecer o verdadeiro amor e as várias formas que se tem de amar.
Que apenas ame e deixe ser amado, quem vive impertinente a semente da vontade reprime a vontade de conquistar este belo sentimento e deixar ser levado por ele onde quer que ele vá.
CiB
Enviado por CiB em 31/08/2007
Código do texto: T632575

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CiB
São Borja - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
12 textos (1474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:14)
CiB