Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

T E AMEI TANTO E TIVE QUE DIZER ADEUS!!!

T E AMEI TANTO E TIVE QUE DIZER ADEUS!!!


Quando me perco. No desatino.
Do ti procurar. A angustiar-me
Como ir a você. Como nâo falar em você.

Sinto o mêdo. Mêdo de não lhe ver.
De que não atenda.
E que quando da minha procura! Ignore..

Mas eu quero ainda. Ver este rosto.
Este corpo. Corpo que me pertenceu
Que amei. Que chorei abraçado a ele.

Na angustia, no amor e no desespero.
Da partida sem adeus.
Do desespero de não mais voltar

É saudades. É loucuras de paixões.
Que se foram. Que o tempo tentou.
Não conseguiu apaga-las.

Você que quero. Você que sonhei.
Você simplesmente você.
Ao amor e ao regresso.

O rompimento da saudade.
O entrelace de corações.
Que esperou!!! E agora o amôr.


ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 01/09/2007
Reeditado em 01/09/2007
Código do texto: T633373
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:44)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA