Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foges ao que lhe digo.

Foges ao que lhe digo.


Não! Não permaneças no anonimato.
Apareça. Viva. Sorria.
Se quiser! Não fale.
Mas venha a minha presença.

Quero que em vez de voz.
Em vez de gritos. De acenos.
Quero teu olhar.
Olhar convidativo. Olhar malicioso.
E atrevido se for o caso.

Uma mensagem a ti envio.
Desvias. Foges. Não.
Porque? Sabes que te adoro.
E muito mais te quero.

Tens o tempo como prova.
A mim sempre a buscar.
Você. E assim sempre e sempre.
A fugir ao que lhe digo.

Conto com o tempo.
Tempo de luta e de angustia.
Tempo que esperarei.
Não foges do que lhe digo.




ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 01/09/2007
Código do texto: T633868
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4102 textos (160045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:15)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA