Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESEJOS DE AMAR

DESEJOS DE AMAR

Há espelhos por todos os cantos
nos tetos. Corpos em sede.
Sede de amor. A cama, lençóis macios.
E há paixão. Há ternura.

Desejos intrigantes. Desejos movedores
Bocas, lábios, que se procuram.
Acham-se. Embriagam-se. Matam-se.
Há palavras sem explicações.
Há gemidos de prazer. Há gritos.

Frases: palavras. Tornam sem efeitos
Sem um sentido conotativo.
Rostos suados, corpos molhados.
Quebra de normas. Tudo permitido.
Os enlaces eternos.

Os delírios apavorados. Sonhos.
Que ficaram. Que esquecidos.
E cumpridos. Realizados.
E a magia dos amores e quando
Os corpos se unem. E se amam.

Quando há amor. Há compreensão.
Há ternura, e muito mais emoção.
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 12/09/2007
Código do texto: T649607
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159776 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:19)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA