Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BEIJOS

Nem sempre os beijos são assim tão doces.
Às vezes, o beijo traz um gosto de morte.
Pois foi com um beijo que Judas traiu a Jesus;
Pois são com um beijo que os mafiosos italianos
Entregam as suas vitimas a seus executores.

Mas, ás vezes o beijo, nos traz a esperança de um dia melhor.
Pois é com beijos e abraços que ao iniciar cada ano,
Desejamos um dia melhor.

Mas o beijo que machuca é o beijo do adeus,
O beijo da despedida,
O beijo do término de um namoro
E o beijo de amizade da pessoa que a gente ama.

Mas o beijo também é motivo de muita alegria,
Alegria de se começar uma nova amizade,
Alegria de se começar um namoro,
Alegria de um casamento
Alegria de se beijar um recém-nascido.

O beijo é um enigma de várias faces e de diversos sabores,
E no beijo que se descobre o amor,
É no beijo que nasce
O desejo para o sexo, e,
 É no beijo
Que se encontram duas bocas sedentas de paixão.

Poderia achar várias definições,
Colar de duas bocas,
 Um duelo de línguas,
Gosto de morte
Esperança de uma amanha melhor,
Mas, com certeza.
É no beijo que se começa, que se principia muitas das vezes,
A doce e eterna LOUCURA DO AMOR...

Carlos Campos
Enviado por Carlos Campos em 20/09/2007
Código do texto: T661080

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Campos
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil, 50 anos
77 textos (68494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 13:16)
Carlos Campos