Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR, AMOR, AMOR . . .








que o Céu determine ao Sol, Luz(!);
que a luz determine ao dia,manhã;
que a manhã,como todas as manhãs boas,
sejam pois claras,quentes,brilhantes;
que a mente determine ao corpo,o abraço;
que o abraço traga o calor do beijo mais úmido,
profundo e docemente sufocante;
e que o beijo,após o abraço,traga no bojo
de seu prazer a magia ilógica do amor;
venha o amor,em toda sua glória,
em todo seu poder e magnitude
e seja a carruagem da multiplicação;
e seja ainda o amor,
em toda sua força transformadora,
o mensageiro da paz,
até o inteiro e pleno despertar do mundo
em sua absoluta lucidez;
sejam os herdeiros,então,
as verdadeiras e puras gerações de ordeiros;
sejamos nós os que nos debruçamos sobre nós...
e corporifiquemos esse amor de carne,
sangue e ação gostosa,
lambuzada pelo mel dos carinhos,
das carícias e de lábios famintos;
continue você a gerir a graça dessa
consciência inconsciente
que nos colocou no mesmo caminho.


(Tadeu Paulo -- 2007-09-29)
Tadeu Paulo
Enviado por Tadeu Paulo em 29/09/2007
Código do texto: T673444

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tadeu Paulo
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 74 anos
435 textos (47741 leituras)
2 e-livros (187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 15:58)
Tadeu Paulo