Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos.

Desejos.

Quando me proponho. Em ir ao seu encontro.
Já me ponho a imaginar. Todos os acontecimentos.
Que vão marcá-los. Todas as caricias.
Nosso ninho de amor. Nossa razão da vida.

Ao vê-la mesmo de longe. Já se pressupõe
A volúpia de sentimentos. De agonias de amor.
Aconchega a mim, procura sem perca de tempo.
Retirar minhas vestes.

Inteira-se dos meus desejos, de minhas fantasias.
E procuras o mais e mais a excitação.
Excitação de nós dois. Baila, se diverte.
Se intromete, se bagunça. Levanta-se. Se deita

Busca a mim em beijos constantes. A todo corpo.
Dá gritos, se apodera dele. Como sua propriedade.
Que nada nego. Que a nada faço obstáculos.
O leva aos seus desejos. Úmida e quente.
Aconchegando-se como a grata privacidade.
A posse em definitiva.

Altera os meios, altera os movimentos.
As formas de dançar.
Numa louca teoria de sensação
E de ecos do amor, prazer paixão.
Sedução e muito mais desejos
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 08/10/2007
Código do texto: T685212
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4102 textos (160010 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:39)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA