Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E o vento a nos levar

E o vento a nos levar

Do norte.
Não, não sei que lado vem?
Traz a nossos rostos um ar de suavidade
Um carinho é um refrescar.
Parece nos dizer e nos pedir calma
Este amor perdurará para sempre
Sintam que a vida é começo
A cada momento! Cada instante!
Estamos começando.
Este amor intenso e belo.
Ditado pelos corações. Não pode haver
Desespero.
Não haverá choro, nem lagrimas.
Amar como amamos é impossível.
Esqueçamos de esquecer.
O vento a nos levar a segundos eternos
De amor, de paixão. De loucuras
Ouça o ruído,
Não pode ser esquecido.
É o vendo a nos levar e a fazer nos amar.

“A beleza das pessoas está na capacidade de”.
Amar e encontrar o próximo à continuidade de
seu ser”; (desconhecido).

ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 08/10/2007
Código do texto: T685222
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159781 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 07:47)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA