Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Relativo e Pleno

O tempo é mesmo algo relativo, na prática alguns traduzem bem que o tempo não é igualmente aproveitado ou vivido por todos.

Os acontecimentos que marcam os dias fazem do tempo algo longo ou rápido e até mesmo pleno. Isto depende de como interferimos no que outros aceitariam como destino, ou quando aceitamos que outros interfiram positivamente para mudar não só nossa vida mas a nossa forma de contar o tempo, de somar os dias e de viver os anos.

Para muitos os anos são muitos, quando assunto é avaliação ou reconhecimento do que é ser feliz. Para poucos, e bem poucos o tempo não é rápido, mas sim pleno. Na medida e na dose certa.. Não é a idade ou o tempo que se passa junto que determina se será feliz, mas a intensidade dos pequenos momentos quando estão juntos, e o vazio sentido quando por um breve instante longe um do outro.

Convicção para uns é pressa para outros, amor entre dois pode ser julgado pelos alheios como paixão ou fogo de palha. Não importa! O casal que se ama vive o tempo e conta as horas de outra forma que o mundo enxerga, ou acha que enxerga.

O mundo ou seja as pessoas, podem ver por um ângulo maior, mas quem ama sente o interior. Dentro do coração são encontradas respostas e sentimentos e em nenhuma outra fonte se encontra.

O amor se materializa ou é germinando por pequenas ações, ou pelo silêncio que é capaz de traduzir todas as intenções em um olhar. O amor suavemente tira de nós o preconceito causado pelo passado. E as regras que aprendemos sobre o tempo ou sobre se decepcionar são jogadas no lixo e com o tempo se extinguem.

O dia hoje; o instante agora; o presente; este instante... para um casal que se ama é o momento vital e único.  Planos e lembranças fazem parte das conversas; dores e lágrimas são sentidos, problemas e dificuldade são discutidos, mas nada disso tem mais valor do que o amor que é sentido agora. E que a cada novo hoje, ou um novo agora é a chance que o amor encontra de se expandir.

Plenitude é o tempo encontrado para o amor se apresentar.
Dias juntos é o remédio para feridas causadas no passado. Companheirismo e cumplicidade são ingredientes que aquecem.
O Amor e a compreensão são responsáveis por eternizar um compromisso.

Se o mundo ou alguém disser que vocês estão indo muito rápido, não esqueçam de dizer que o tempo do amor é diferente  e que  se vocês fossem contar, o mundo não entenderia.
Léo Fontes
Enviado por Léo Fontes em 10/10/2007
Reeditado em 10/10/2007
Código do texto: T689014

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Léo Fontes | www.leofontes.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Fontes
Serra - Espírito Santo - Brasil, 36 anos
118 textos (9719 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 22:51)
Léo Fontes