Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA MINHA BOCA

                         DA MINHA BOCA

                 Da minha boca, apenas o gosto do beijo ...

                  Sabor de mel veneno cruel,

                  meu preço final...

                  Teu erro?

                  Deixar-me assim na vontade,

                  crueldade!

                  Da minha boca nada a dizer,

                  o sorriso esconder?

                 Jamais!

                 Ainda escorre o sumo do sabor agri-doce de ti

                 que ficou da última noite de amor...

                 Da minha boca, a sensibilidade dos lábios carnudos

                 olhando assim de frente pro mundo,

                 Tudo tão lindo, simples,

                  deliciosamente romântico

                 Da minha boca,

                 apenas um sonho pronunciado

                Pena! Sentenciado ...

                Por bolero embalado,

                 em vinho banhado

                Da minha boca apenas uma palavra,

                a mesma de sempre

                cantada em versos, em prosas,

                nas mãos as rosas

                do último romântico sincero,

                aquele que eu quero!

                Da minha boca, o suspiro final, sussurro fatal

               Pronunciando baixinho...

                       Bem baixinho...

                              Te amo

               

                 

Silvana Cervantes
Enviado por Silvana Cervantes em 14/11/2007
Código do texto: T737605
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvana Cervantes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
403 textos (36689 leituras)
5 áudios (2203 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 18:16)
Silvana Cervantes