Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FECHO-ECLER

                              FECHO-ECLER


Fecho os olhos e deixo a imaginação fluir;
Fantasio o que possa haver por trás daquele vestido;
Trilho ponto a ponto e conto o quanto se leva para se despir;
O facho daquela que me desperta o que não quer ser contido.

Fecho-ecler queira, por favor;
Deslizar teu fecho e teu feitiço;
É claro que me rendo às rendas que escondes e que me acende
                                                                         O calor;
Religando as ligas que me ligam que só por ver me atiço.

Mas se o fecho-ecler insiste em não querer me entender;
Facilmente faço forças com a minha mente;
Para suavemente o teu fecho remover;
E deliciar-me com a imagem em ação, a tua beleza finalmente.

PEDRO FERREIRA SANTOS (PETRUS)
EM 27/11/07

                                                                                         
                                         
Petrus
Enviado por Petrus em 27/11/2007
Reeditado em 09/12/2007
Código do texto: T754284

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Pedro Ferreira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Petrus
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
177 textos (27246 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 01:01)
Petrus