Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor que esquecemos.

O amor que esquecemos.

Perco  a capacidade de pensar.
Perco a esperança em viver
Memórias lentas e doentes
Alegrias perdias no tempo.

Frases dispersas sem sentido.
As rosas perdem suas belezas.
Deixo de colhe-las pela saudade.
Belezas que não vejo mais.

Abraços agora a mim negados.
Loucuras que nada me valeu ..
Muito menos as agonias que vivi.
Você é o sonho das noites

Noites de nossos amores e hoje
Noites das  nossas saudades.
Das lembranças do que não vivemos.
Do amor que esquecemos.


ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 30/11/2007
Código do texto: T759866
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4102 textos (160061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:41)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA